Palavra Comum

Inicio/INFORMACIÓN/Palavra Comum

5 poemas de André Osório

2020-01-22T06:30:00+00:00 22 / 01 / 2020|Palavra Comum|

André Osório nasceu em Lisboa no ano de 1998. É estudante do último ano de licenciatura de Estudos Portugueses, na Universidade Nova de Lisboa- Faculdade de Ciências Sociais e Humanas, e, apesar de ainda não ter publicado livro em nome próprio, tem poesia publicada em revistas literárias como a Folhas, Letras & Outros Ofícios (Aveiro), [...]

Poeta apesar de si. Sobre a obra de Tiago Alves Costa

2020-01-20T07:00:26+00:00 20 / 01 / 2020|Palavra Comum|

Žižek vai ao ginásio (Através Editora, 2019; prólogo de Teresa Moure), último livro de Tiago Alves Costa, semelha pertencer a um género híbrido, por vezes versos que contam, por vezes prosa poética, histórias encavalgadas a trotar pelos poemas dentro, poemas […] Source: Palavra comum

Caderno Galego | Estrela negra

2020-01-17T07:27:15+00:00 17 / 01 / 2020|Palavra Comum|

Hugo Milhanas Machado nasceu em Lisboa [1984] e reside na Galiza. Exerceu como docente na Cátedra de Estudos Portugueses – Camões, I.P. da Universidade de Salamanca entre 2006 e 2019 e doutorou-se em Filologia Moderna pela mesma instituição, com a tese Ruy Belo, a ver os livros: ensaios na trajectória de uma obra poética [2015]. Dirigiu e coordenou [...]

7 poemas de Pedro Casteleiro

2020-01-14T06:42:42+00:00 14 / 01 / 2020|Palavra Comum|

Pedro Casteleiro nasce em Ferrol (Galiza) em 1968, ainda que cedo se estabelece na cidade da Corunha. Faz os estudos da Licenciatura em Direito na Universidade de Santiago de Compostela e enceta então uma tarefa de publicação de livros, artigos e direção de revistas (Folhas de Cibrão, Poseidónia...) bem como de vários programas radiofónicos, com [...]

5 poemas de Leonora Rosado

2020-01-08T06:48:05+00:00 08 / 01 / 2020|Palavra Comum|

Leonora Rosado, nasceu no concelho de Sintra em 1971. Desde muito cedo revela interesse quer pela leitura assim como pela escrita, poesia, sobretudo. A escrita é a sede que ávida tenta saciar incessantemente em eterno retorno. Insaciedade de Tântalo. Em vertigem constante. Tem publicados doze livros de poesia, Dias Horizontais Noites Assim (2012, Nu Limbo [...]

Entrevista | Francisco Castro: “Facer cultura en galego implica moitas veces instalarse na precaridade”

2020-01-02T06:56:04+00:00 02 / 01 / 2020|Palavra Comum|

Francisco Castro (Vigo, 1966) director xeral da Editorial Galaxia. En 2010 foi elixido presidente da Asociación Galega do Libro Infantil e Xuvenil (Gálix). É un dos narradores galegos que comezaron a publicar no inicio do século XXI. A súa narrativa destaca pola orixinalidade á hora de abordar xéneros moi diferentes. É autor do libro de [...]

Sociedades de Matizes

2019-12-19T07:22:00+00:00 19 / 12 / 2019|Palavra Comum|

Em 2013, fomos surpreendidos com um processo iniciado nas redes sociais nunca antes visto no âmbito das populações. Esse acontecimento consistiu numa forma muito peculiar, através da conexão dos computadores e celulares, pertencentes a uma significativa quantidade de cidadãos. Iniciou-se um processo que surpreendeu a todos. Observou-se pela primeira vez que esse processo se iniciava [...]

Load More Posts