Palavra comum

Inicio/Palavra comum

About Palavra comum

Este autor no presenta ningún detalle.
So far Palavra comum has created 151 blog entries.

2 poemas de José António Lozano

2019-09-18T07:11:35+00:00 18 / 09 / 2019|Palavra Comum|

José António Lozano (1967, Corunha) É professor de Filosofia no ensino secundário. Foi finalista em 1988 do Prémio de poesia Nacional O Facho. Em 1989 publicou no livro coletivo Fogo Cruzado (AGaL), o relato "O pêndulo" sob o pseudónimo Jorge Mário Novais. Em 1993 foi prémio ex-aequo junto a Xavier Alcalá no certame de narrações [...]

6 poemas de Raquel Serejo Martins

2019-09-10T06:20:01+00:00 10 / 09 / 2019|Palavra Comum|

Raquel Serejo Martins (1974) nasceu em Trás-os-Montes. Economista, vegetariana, pratica yôga, autodidacta aprendeu italiano, vive em Lisboa numa casa com três gatos. Tem em papel dois romances: A Solidão dos Inconstantes (2009) e Pretérito Perfeito (2013), e três livros de poesia: Aves de Incêndio (2016), Subúrbios de Veneza (2017), Os Invencíveis (2018), Plantas de Interior [...]

10 poemas de Hugo Milhanas Machado

2019-09-03T06:38:01+00:00 03 / 09 / 2019|Palavra Comum|

Hugo Milhanas Machado nasceu em Lisboa [1984] e reside na Galiza. Exerceu como docente na Cátedra de Estudos Portugueses – Camões, I.P. da Universidade de Salamanca entre 2006 e 2019 e doutorou-se em Filologia Moderna pela mesma instituição, com a tese Ruy Belo, a ver os livros: ensaios na trajectória de uma obra poética [2015]. [...]

9 poemas de Xosé Iglesias

2019-08-20T06:32:37+00:00 20 / 08 / 2019|Palavra Comum|

Xosé Iglesias Lamela, 1974, Cée, Costa da Morte é un mariñeiro da Galiza. Un home de mar que atopou o seu destino na primeira bocanada de oxíxeno tralo parto. Oxíxeno da atmósfera dos vendabais, dos nordestes, da densa borraxeira que facía bruar a vaca do mítico cabo Fisterra. Source: Palavra comum

8 poemas de Francisca Camelo

2019-08-13T06:47:55+00:00 13 / 08 / 2019|Palavra Comum|

Francisca Camelo nasceu no Porto em 1990. É co-fundadora d'A Bacana, contribuidora regular da Enfermeira 6, tem poemas espalhados nas revistas Flanzine, Gueto, Tlön, Nervo, Três três, na zine MAIS PORNÔ, PFVR, nas Antologias Caderno 5: os pastéis de nata ali não valem uma beata, Lluvia oblicua - Poesía portuguesa actual e no Poemanifesto 2.0.18, [...]

4 poemas de Sofia Ferrés

2019-07-30T07:15:06+00:00 30 / 07 / 2019|Palavra Comum|

  VIAGEM na sala escorregada pelo olhar entediado no sofá há um ponto focal de onde brota um velho conhecido, sem dentes flutuando como mormaço quente atado pelos pés. os móveis, quadros, tapetes curvam-se inclinados ao centro da linha do […] Source: Palavra comum

Load More Posts